O presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach, citou hoje o Papa Francisco para destacar a importância "da resistência, do espírito de equipa e da irmandade" do desporto na face da crise provocada pela pandemia de covid-19.

Através da rede social Twitter, Bach lembrou, no Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz, declarado pelas Nações Unidas, a mensagem do Papa no domingo, durante a missa do Angelus.

"O papa Francisco disse-o melhor: ‘Neste período muitos eventos foram suspensos, mas surgem agora os melhores frutos do desporto: a resistência, o espírito de equipa, a irmandade desportiva e o dar o melhor de si mesmo'", escreveu.

Hoje celebra-se o Dia do Desporto, uma vez que os I Jogos Olímpicos da era moderna, em Atenas, arrancaram em 06 de abril de 1896, num ano em que os Jogos, marcados para o verão em Tóquio, foram adiados para 2021 devido à pandemia de covid-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 68 mil.

Dos casos de infeção, mais de 238 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.