Jesualdo Ferreira disse hoje que a responsabilidade do Sporting de Braga é "bem mais acentuada" do que a do Desportivo das Aves, da II Liga, com quem disputa quinta-feira os quartos de final da Taça de Portugal de futebol.

O treinador dos minhotos disse esperar "um jogo muito difícil" frente a uma equipa que vai lutar durante 90 minutos por um objetivo que "não está muito à mão das equipas ditas modestas".

"O Braga quer chegar às meias-finais e a nossa responsabilidade é bem mais acentuada, obriga-nos a uma prestação muito positiva, jogando nos limites do rigor e da intensidade", afirmou na antevisão da partida.

Depois da derrota diante do Belenenses, domingo, na 17ª jornada do campeonato (2-1), Jesualdo Ferreira admite que a pressão tenha aumentado para a equipa, mas defendeu que o jogo de  quinta-feira é "completamente diferente".

"Pressão sobre mim não há problema que eu lido bem com ela", disse.

Notou que o Desportivo das Aves, sétimo classificado da II Liga (os bracarenses ocupam a mesma posição na I Liga), é uma "equipa experiente, que tem vindo a fazer bons resultados ultimamente e que vem com uma motivação diferente, já que este é um jogo que se define em 90 minutos, eventualmente prolongamento e penáltis, mas não há pontos envolvidos".

O técnico espera um adversário a dividir o jogo com o Braga, até porque, "muitas vezes, não é só o resultado que conta, também está em jogo a imagem de uma equipa que está nos quartos de final de uma Taça de Portugal".

Vencer a Taça de Portugal, ou mesmo ser finalista vencido (se perder com o futuro campeão nacional), confere vaga nas competições europeias, meta teoricamente mais difícil de alcançar via campeonato, uma vez que existe um lote de várias equipas a lutar por esse objetivo.

Contudo, Jesualdo Ferreira não estabelece prioridades nem fecha as portas a nenhuma competição em que os "arsenalistas" estão inseridos (também a Taça da Liga).

"São as três difíceis de conseguir, mas estamos num patamar em que está tudo em aberto. Na Liga as coisas não estão fáceis para o Braga, mas não estão desde o início. Queremos manter as portas abertas e, para isso, temos que fazer uma gestão cuidada dos jogadores porque temos alguns problemas", disse.

Rafa está em dúvida depois de ter saído tocado do último jogo, mas ausência certa é a de Joãozinho, que contraiu uma rotura muscular.

A lesão do defesa esquerdo "surge pelo facto de ter estado muito tempo parado e de ter entrado e feito uma série de jogos  seguidos", revelou o treinador.

O jogo entre Braga e Aves tem início marcado para as 21:00 de quinta-feira, no Estádio Municipal de Braga, e será arbitrado por Bruno Paixão, de Setúbal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.