O Belenenses SAD recebe este domingo o FC Porto, a partir das 17h00, em jogo a contar para a última jornada da fase de grupos da Taça da Liga. Os 'azuis' já não têm hipóteses de seguir em frente na competição, mas Silas garante que a sua equipa vai entrar em campo para vencer.

"O FC Porto corre o risco de, se perder aqui pontos, falhar a final four, pelo que vão apresentar-se fortes. Com uma ou outra alteração, talvez, mas pouco mais. Até porque é uma competição em que ainda têm aspirações. Nós já não as temos, mas, ainda assim, vamos apresentar uma equipa forte. O FC Porto tem de ter cautelas porque vamos atacar. Não temos nada a perder, portanto, atacar, atacar e tentar ganhar o jogo", afirmou o técnico na antevisão à partida de amanhã, garantido ainda que vai fazer alinhar jogadores menos utilizados:

"Vamos ter três jogos muito importantes e precisamos de gerir tudo da melhor maneira. Os jogadores que vão jogar têm trabalhado muito bem e merecem ter minutos. Vamos apresentar uma equipa diferente, sobretudo pelas características dos elementos que vão jogar. Mas acredito que vai ser equipa muito competitiva também."

Silas rejeitou ainda a ideia de que o Belenenses SAD vai entrar em campo menos motivado por já não poder seguir em frente na Taça da Liga.

"É motivante, sim, para os que vão jogar. Alguns até vão estrear-se e querem mostrar que podemos contar com eles para o que aí vem. Vamos ter jogos muito exigentes num curto espaço de tempo e vamos precisar de todos. Acredito que estejam motivados e, além disso, é o adversário que é. O FC Porto é o campeão nacional, neste momento é a equipa que vai em primeiro lugar… As pessoas vêm ao estádio para ver um bom espetáculo. Nós também estamos numa série de jogos sem perder mas, neste jogo, para nós, o resultado não é o mais importante. Interessa muito mais vermos o que alguns jogadores podem dar, o que têm evoluído, o que precisam melhorar pois vamos mesmo precisar de todos até final. Na realidade, tudo o que vamos fazer amanhã é a pensar, sobretudo, nos próximos jogos. Claro que queremos ganhar mas, mesmo a nível de substituições, temos uma ideia preparada tendo em conta o que precisamos fazer no futuro, frente a Sporting e V. Guimarães", acrescentou.

O treinador sublinhou ainda que gostaria de contar com mais jogadores no seu grupo de trabalho: "Seria bom, sobretudo devido às lesões que são inevitáveis. Mas temos também o plantel sub 23 que nos serve de apoio, ao qual vamos recorrer e não estamos descontentes com isso. Naturalmente que, se podermos ter mais um ou dois jogadores para ajudar, perfeito. Se não, continuaremos a conseguir bons resultados como até aqui."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.