A Juventus conquistou esta quarta-feira a Supertaça Italiana, ao derrotar o AC Milan por 1-0. Em encontro disputado nos Emirados Árabes Unidos, o único golo do encontro foi marcado por Cristiano Ronaldo, que alcançou o primeiro título ao serviço da 'Vecchia Signora'.

Mas, esse não foi o único feito 'histórico' da noite. "Foi uma noite maravilhosa, uma festa para o desporto num estádio cheio. Espero que seja o início de uma revolução social neste país", disse o presidente da Liga Italiana, Gaetano Micciche, sobre a presença de 15 mil adeptas.

Com as caras pintadas, bandeiras e cachecóis das equipas da Juventus e do Milan, 15 mil mulheres foram ao Estádio do Rei Abdullah (com capacidade para 62 mil espectadores).

Após a polémica devido às restrições impostas às mulheres, que só podiam ocupar uma parte do estádio, reservada às 'famílias', a partida e o golo de Cristiano Ronaldo, com o qual a Juventus conquistou o título (1-0), podem ter derrubado barreiras.

Para Gaetano Micciche, a presença de mulheres num estádio saudita ficará na história do país, que autorizou, pela primeira vez, a sua presença em uma competição internacional.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.