A Roma venceu hoje o Génova por 3-2, em jogo da 16.ª jornada da Liga italiana de futebol, mas esteve a perder por duas vezes e, mesmo assim, conseguiu dar a volta ao resultado.

O Génova chegou ao golo bem cedo, graças a um ‘frango’ do guarda-redes sueco Robin Olsen, que deixou passar por entre as pernas uma bola perfeitamente defensável, permitindo ao avançado polaco Krzysztof Piatek faturar, aos 17 minutos, e voltar a deixar para trás Cristiano Ronaldo na lista dos marcadores.

A equipa romana logrou igualar aos 31 minutos, pelo argentino Federico Fazio, mas o empate durou apenas dois minutos, visto que o Génova voltou a colocar-se em vantagem aos 33, pelo médio sueco Oscar Hiljemark. Ainda antes do intervalo, aos 45, o holandês Justin Kluivert voltou a empatar o jogo.

Na segunda parte, o golo do ex-benfiquista Bryan Cristante, aos 59 minutos, fez toda a diferença e garantiu os três pontos à Roma, que é sexta classificada, com 24 pontos, enquanto o Génova é 16.º, com 16.

No ‘banco’ da equipa genovesa estiveram três jogadores portugueses, Miguel Veloso, Iúri Medeiros, que não chegaram a ser utilizados, e Pedro Pereira, que entrou aos 60 minutos, a render o bósnio Ervin Zukanovic.

O campeonato é liderado pela Juventus, com 46 pontos, seguido do Nápoles, com 38, e do Inter de Milão, com 32.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.