O Nápoles, clube da ‘Serie A’ italiana de futebol, anunciou hoje que, afinal, não vai regressar na quarta-feira aos treinos, como chegou a anunciar, numa Itália fortemente afetada pela pandemia de Covid-19.

“O Nápoles anuncia que as suas atividades desportivas estão suspensas até uma data a determinar”, avançou o clube napolitano em comunicado.

Segundo o atual sexto classificado do campeonato transalpino de futebol, “o regresso aos treinos acontecerá em função da evolução da pandemia do Covid-19”.

A Lazio, segunda colocada da prova, atrás da campeã Juventus, tinha também anunciado que regressaria hoje aos treinos, mas, no domingo, também avançou em comunicado o seu “adiamento para data posterior a definir”. O Cagliari tomou a mesma decisão.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 345 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 15.100 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália a ser o país do mundo com maior número de vítimas mortais, com 6.077 mortos em 63.927 casos. Segundo as autoridades italianas, 7.024 dos infetados já estão curados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.