Com a suspensão dos campeonatos de futebol devido à pandemia de coronavírus, muito se tem falado nos últimos dias sobre o corte salarial dos jogadores. No entanto, nem todos estão de acordo com esta medida.

Em Itália, Alberto Paleari, guarda-redes do Cittadella da segunda divisão, lembrou que uma redução de salário pode prejudicar o orçamento familiar de alguns jogadores de clubes ditos 'pequenos'.

"Se fosse uma questão de adiar salários por um mês e receber o dobro do pagamento mais tarde, eu não hesitava em aceitar. Mas se for uma questão de dividir o meu salário por vários meses então, honestamente, terei de dizer que não", começa por dizer o jogador.

"Nós não somos como Ronaldo. Se eles lhe retirarem dois meses do seu salário ele certamente não enfrentará qualquer dificuldade financeira. Se eles nos retirarem esses meses no salário, o nosso senhorio vem bater às nossas portas de casa a pedir o dinheiro da renda", lamenta Paleari.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.