A Juventus perdeu hoje por 2-0 em Lecce, onde o guarda-redes Gianluigi Buffon foi expulso logo aos 12 minutos, e arrisca-se a ficar fora dos lugares da Série A italiana que dão acesso às competições europeias de futebol.

Após duas vitórias seguidas, incluindo uma por 1-0 sobre o campeão italiano e europeu Inter de Milão, a “Juve” voltou a desiludir os adeptos e pode ser ultrapassada pela AS Roma, que visita Génova, e ver Udinese e Lazio de Roma, que defrontam Brescia e Bari, respetivamente, distanciarem-se.

Djamel Mesbah, aos 32 minutos, e Andrea Bertolacci, 48, marcaram os golos que ditaram a vitória do Lecce sobre os “bianconeri”, os quais foram ainda vítimas de um erro de cálculo do capitão Buffon, expulso por jogar a bola com as mãos fora da área quando David de Michele surgia isolado.

Para fazer entrar Marco Storari, que já tinha feito a primeira metade da época na baliza da equipa de Turim, o treinador da Juventus, Luigi Delneri, optou por fazer sair Milos Krasic, um dos criativos da equipa, e os visitantes raramente conseguiram incomodar a baliza do Lecce.

O argelino Mesbah marcou o seu primeiro golo da época, após uma boa recepção orientada, e Bertolacci elevou para 2-0 logo a seguir ao intervalo, mas a Juventus pode agradecer o facto de não ter sofrido uma derrota mais pesada à má pontaria dos jogadores do Lecce.

O Lecce também ainda ficou reduzido a 10 aos 69 minutos, quando Giuseppe Vives foi expulso devido a duas faltas quase consecutivas sobre Alessandro del Piero e Giorgio Chiellini, mas mesmo assim os visitantes continuaram praticamente sem conseguir criar perigo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.