Dedicação e respeito pelo adversário são dois aspectos apontados pelos jogadores Herenilson e Stélvio para que a selecção angolana vença hoje, sexta-feira, a sua similar da Mauritânia, no jogo da terceira jornada do grupo I de acesso ao CAN2019, que terá lugar nos Camarões.

Em declarações à imprensa, no final do último treino, Stélvio afirmou que o objectivo passa por uma vitória caseira e juntar-se aos mauritanianos na liderança do grupo.

"Estou satisfeito pelo regresso à selecção nacional, mais maduro como atleta. Cheguei a este grupo ainda muito jovem e vim para dar o meu contributo" realçou.

Stélvio Cruz disse não temer a concorrência e mesmo que não faça parte do onze inicial estará sempre disponível para apoiar os colegas.

Por seu turno, o médio Herenilson ressaltou a necessidade de se tirar proveito de jogar em casa, visto que vão defrontar o mesmo adversário num curto espaço de tempo (dia 16), no seu reduto.

Referiu que farão os possíveis de realizar grande jogo, mas sempre ciente das dificuldades porque o adversário tem vindo a surpreender.

Na primeira jornada, Angola perdeu com o Burkina Faso e venceu na segunda o Botswana, relançando as "esperanças" de qualificação para o CAN2019, depois da última presença em 2013, na África do Sul.

Angola ocupa o terceiro lugar, com três pontos, os mesmos que Burkina Faso, segundo classificado, enquanto a Mauritânia é líder do grupo com seis pontos. O Botswana ainda não pontuou e ocupa a última posição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.