O Vilafranquense voltou hoje a somar os três pontos na II Liga portuguesa de futebol, cerca de um mês depois, ao vencer em casa o FC Porto B, em jogo da 24.ª jornada.

Após três derrotas consecutivos, o Vilafranquense voltou a vencer, mantendo-se na 16.ª posição, mas agora com 10 e 13 pontos de avanço sobre as duas equipas em zona de despromoção, Cova da Piedade e Casa Pia, respetivamente, enquanto o FC Porto B é 13.º, cinco pontos acima dos ribatejanos.

Na estreia do guarda redes Tiago Martins, inscrito durante a semana, os ribatejanos desde cedo assumiriam a partida e criaram quase logo um lance de perigo, com Wilson Santos a rematar para defesa de Ricardo Silva e, na recarga, a atirar a bola ao poste.

A resposta do FC Porto B surgiu na jogada seguinte de bola parada, em que o camaronês Taddeus Nkeng cabeceou ao lado.

O golo dos ribatejanos não tardou e surgiu aos 14 minutos numa boa iniciativa ofensiva, em que Wilson Santos colocou a bola em Gustavo Tocantins, que só teve de encostar para a baliza.

Em desvantagem, o FC Porto B ‘despertou’ e acabou por chegar ao empate aos 33 minutos, por Fábio Vieira, que ganhou a bola à entrada da área e descaído pelo lado esquerdo ‘picou’ a bola por cima de Tiago Martins.

Quase no reinício da segunda parte, aos 47 minutos, o Vilafranquense recolocou-se em vantagem, por Filipe Oliveira, num golo tirado quase a ‘papel químico’ do primeiro dos ‘dragões’.

A perder, o treinador do FC Porto B, Rui Barros mexeu na equipa, mas acabaria por ser de novo Fábio Vieira a empatar, aos 78 minutos, quando surgiu solto à entrada da área e fez um ‘chapéu’ a Tiago Martins.

Cinco minutos depois, o Vilafranquense garantiu o triunfo e os importantes três pontos, pelo central francês Sparagna, na sequência de um livre apontado por Rafael Furlan.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.