O selecionador espanhol de futebol, Luís Enrique, respondeu hoje que valoriza “cada jogador, independentemente da idade”, quando questionado em relação a Iker Casillas, uma vez mais fora dos convocados.

Na conferência de divulgação dos 23 escolhidos para o arranque da qualificação para o Euro2020, o treinador espanhol e antigo futebolista não quis individualizar, optando por falar dos convocados.

“Valorizo cada jogador espanhol que jogue, independentemente da idade. Estou encantado que existam muitos espanhóis para ser convocados e que jogam nas suas equipas. Isso vale para qualquer jogador, esteja nas escolhas ou não”, disse Luís Enrique.

A chamada de Casillas, de 37 anos, bicampeão europeu e campeão mundial, à seleção espanhola é frequente tema, mas o guarda-redes do FC Porto não entra nas opções da seleção desde junho de 2016.

Casillas, que se encontra há quatro épocas nos ‘dragões, depois de 16 temporadas no Real Madrid, clube em que se formou, jogou pela última vez por Espanha em 01 de junho de 2016, num particular em que venceu a Coreia do Sul (6-1).

Nas escolhas de hoje, Luís Enrique chamou os guarda-redes David de Gea (Manchester United), atual habitual titular, Kepa (Chelsea) e Pau López (Betis).

A Espanha, campeã europeia em 2008 e 2012, e campeã mundial em 2010, integra o Grupo F de apuramento para o próximo Europeu, com Ilhas Faroé, Malta, Noruega, Roménia e Suécia.

Os espanhóis iniciam a qualificação em 23 de março, com a receção à Noruega, em Valência, deslocando-se em 26 do mesmo mês a Ta’Qali, em Malta.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.