Eduardo Salvio afirmou, esta segunda-feira, que a goleada do Benfica ao Nacional por 10-0 vai ficar marcada "para sempre" na memória dos adeptos, mas salientou que é preciso respeitar quem está do outro lado.

"Foi incrível, um dia inesquecível. Acho que todos os benfiquistas vão ficar com este jogo marcado para sempre. Mas temos sempre o máximo respeito pela equipa contrária. Ontem foi um grandíssimo dia para nós, mas há que ter humildade e respeito com a equipa rival", afirmou o argentino à margem do lançamento da sua marca de comandos personalizáveis para a PlayStation 4.

O internacional argentino referiu ainda que a equipa nunca deixou de acreditar na reconquista do título, mostrando-se convicto de que vai estar a lutar até ao fim.

"Estou muito feliz com o momento que estamos a passar. A equipa sempre acreditou, mesmo quando outros não acreditavam. Estamos a um ponto e vamos lutar até ao final, como dissemos desde o início da época: o Benfica nunca está morto e vamos dar tudo até ao final da época.  O Benfica está obrigado a ganhar cada jogo e a lutar por cada título, temos tudo para o conseguir. Acredito muito nesta equipa", atirou.

O jogador de 30 anos reconheceu ainda que a equipa ganhou um novo estado de ânimo que teve início com a chegada de Bruno Lage.

"Há sempre mudança com a chegada de um novo treinador. Já passamos a fase de mudança, agora a equipa está melhor do que em alguns jogos, há outra dinâmica e estamos a apenas um ponto. Temos de seguir. É importante olhar apenas para o próximo jogo e não mais além. Temos de continuar a trabalhar da mesma forma", terminou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.