O Sporting recebeu e venceu, pela margem mínima, o Santa Clara, no jogo de abertura da 26.ª jornada da I Liga. Raphinha foi o autor do golo da vitória que coloca o clube de Alvalade na terceira posição, ainda que de forma provisória.

Marcel Keizer apresentou uma equipa com duas alterações em relação ao último encontro com o Boavista. Bas Dost, depois de recuperado de lesão, recupera a condição de titular no lugar do brasileiro Luiz Phellype, enquanto Idrissa Doumbia rende o castigado Nemanja Gudelj no meio-campo.

Do lado do Santa Clara, o treinador João Henriques também promoveu alterações em relação ao último encontro, com o Desportivo das Aves: Mamadu Candé, Ukra e Zé Manuel saíram para as entradas de João Lucas, Martin Chrien e Malick Evouna.

O Sporting entrou autoritário e dominou nos primeiros minutos, tanto que o primeiro lance de maior perigo pertenceu à equipa leonina. Primeiro, aos 20 minutos, Bruno Fernandes, quem mais, liderou o contra-ataque, com a bola a seguir na esquerda para Raphinha. O brasileiro serviu Bas Dost, mas o remate do holandês saiu fraco.

O Santa Clara respondeu, também de contra-ataque. Cruzamento perigoso de Patrick Vieira, a bola sobrou para Martins Chrien que tentou o cabeceamento à baliza do Sporting, mas a bola morreu nas mãos de Renan.

A equipa de Alvalade voltou a dispor de uma boa oportunidade para inaugurar o marcador aos 34 minutos. Livre em zona frontal cobrado por Jérémy Mathieu com a bola a passar perto do poste da baliza de Marco Pereira. Minutos depois foi a vez de Bruno Fernandes rematar de fora da área, mas o remate acabou nas mãos do guardião do emblema açoriano.

De seguida, Bas Dost, em jogadas diferentes, teve duas boas ocasiões para inscrever o seu nome na lista de marcadores do encontro. Primeiro, o holandês não conseguiu corresponder a um cruzamento de Raphinha quando estava em boa posição para finalizar. Depois, aos 40 minutos, chegou atrasado a um cruzamento rasteiro de Borja.

O Sporting entrou pressionante no segundo tempo, à semelhança do que já tinha acontecido nos primeiros 45 minutos. E foi logo ao início da etapa complementar que os 'leões' dispuseram de uma bola oportunidade para abrir o marcador. Jogada rápida do Sporting conduzida por Bruno Fernandes, com o capitão leonino a servir Raphinha na cara do golo. O brasileiro rematou colocado, mas o guarda-redes Marco Pereira esticou-se para defender pela linha de fundo.

O Santa Clara respondeu por Chrien, que falhou o golo de forma inacreditável. Na sequência de um lançamento lateral, o Sporting não afasta a bola, que chega a Chrien. O esloveno recebeu o esférico na zona de penálti, e quando tinha tudo para marcar rematou contra as costas de Ristovski.

Depois de já terem feito entrado em campo Diaby, os 'leões' acabaram mesmo por chegar à vantagem aos 59 minutos por Raphinha, o jogador que mais tem trabalhado nesta partida. Jogada rápida da equipa leonina com Bruno Fernandes a meter em Raphinha que à vontade e sem marcação, atira sem pedir licença para o fundo das redes de Marco.

Até final do encontro, o ritmo baixou um pouco, com o Sporting à procura de manter o resultado e sem correr muitos riscos à procura do segundo. O Santa Clara começou a jogar no contra-ataque para tentar chegar ao empate, mas sem conseguir criar perigo junto da baliza de Renan Ribeiro.

O golo do jogador brasileiro permitiu aos 'leões' chegarem ao terceiro lugar da Liga, com os mesmos 55 pontos do Sporting de Braga, quarto classificado, que no sábado atua em casa do Vitória de Setúbal.

A equipa açoriana ocupa para já o oitavo posto com 32 pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.