O Sporting de Leonardo Jardim entrou da melhor forma na época 2013/2014 com uma goleada frente ao Arouca por 5-1. Os visitantes inauguraram o marcador por Bruno Amaro, mas Maurício, Wilson Eduardo e três golos de Fredy Montero construiram a vitória sólida do Sporting.

Com Wilson Eduardo e Rui Patrício no onze inicial, a formação leonina regressava a Alvalade para a primeira jornada do campeonato nacional e com a missão de batizar a estreia do Arouca no principal escalão do futebol português.

Os visitantes, com alguns jogadores experientes na I Liga, até deram o pontapé de saída, mas foi o Sporting quem desde o primeiro minuto assumiu o controlo do jogo. Adrien e William Carvalho impunham a presença no meio-campo e obrigavam o Arouca a lateralizar o seu jogo, mas de forma inconsequente. O Sporting, em busca do golo, sufocava o adversário até à sua zona defensiva. Os homens de Pedro Emanuel eram constantemente obrigados a travar o adversário através de faltas defensivas e só não sofreram o primeiro golo do campeonato nos primeiros quinze minutos graças à barra, após remate de Adrien aos 17’ minutos.

E contra a corrente de jogo, com o espectro da lei do “quem não marca sofre”, é mesmo o Arouca a inaugurar o marcador aos 19’ minutos por intermédio de Bruno Amaro. O ex-jogador do Vitória de Setúbal aproveitou uma desatenção posicional dos defesas leoninos para ganhar uma posição privilegiada de remate e fazer o 1-0. As bancadas não desmoralizaram com o golo visitante e continuaram a puxar pela equipa de Leonardo Jardim, que também não pareceu ter ficado abalada com o atrevimento dos visitantes e antes mesmo do intervalo deu a cambalhota no marcador. Primeiro por Maurício, aos 30’ minutos, na sequência de um pontapé de canto, e depois pelo colombiano Fredy Montero, a dar o melhor seguimento a um cruzamento de Wilson Eduardo.

No segundo tempo, e já com a entrada de André Martins para o lugar de Gerson Magrão, o atrevimento do Arouca escondeu-se definitivamente nas sombras do Estádio de Alvalade, pouco habituado a jogos da parte da tarde, e na atenção de Rui Patrício entre os postes do Sporting. O único remate de perigo do Arouca no segundo tempo foi protagonizado por David Simão mas o guardião leonino, com uma grande defesa, impediu o empate. O Sporting dominava as operações e era apenas uma questão de tempo para ver o marcador sofrer alterações a favor da equipa da casa.

Com uma plateia de mais de 29 mil adeptos, o Sporting chega ao 3-1 aos 66’ minutos por Wilson Eduardo. Carrillo cruza da direita para o segundo poste onde aparece Wilson Eduardo, livre de marcação, a cabecear para o golo. As bancadas gostaram da simplicidade da jogada e pediam mais golos para uma estreia em grande na época 2013/2014. Leonardo Jardim parece ter ouvido os adeptos e lançou em jogo Diego Capel. O extremo espanhol na primeira vez que recebeu a bola cruzou do lado esquerda para o centro, onde Montero, de cabeça, enviou a bola para o fundo da baliza sem hipótese de defesa para Stefanovic. Estava feito o 4-1 aos 70’ minutos com o registo de goleada. Mas parecia faltar algo para que os adeptos leoninos ficassem satisfeitos depois da pior época de sempre na temporada passada. Aos 86’ minutos, Fredy Montero, novamente assistido por Capel, controla o esférico com o peito, tira um defesa adversário do caminho e remata para o hat-trick na sua estreia.

Com este resultado, o Sporting somou os primeiros três pontos do campeonato e garantiu definitivamente aos seus adeptos que vai lutar pelos lugares cimeiros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.