Sinisa Mihajlovic e o Sporting vão a tribunal em agosto deste ano para resolver a rescisão de contrato do treinador sérvio contratado por Bruno de Carvalho e despedido depois por Sousa Cintra.

Em declarações à imprensa italiana na véspera do último jogo do Bolonha, Sinisa Mihajlovic foi questionado sobre o litígio em tribunal que tem com o Sporting. O treinador esteve apenas duas semanas no comando técnico da equipa leonina e acabou por ser despedido pela direção temporária do Sporting liderada por Sousa Cintra.

No processo de rescisão de contrato, Sinisa Mihajlovic foi acusado de mudar um estágio que fez o Sporting perder cerca de 300 mil euros, algo que o técnico sérvio nega.

"O que aconteceu nada teve a ver com futebol, mas sim tratou-se de uma nova direção do clube que quis afetar a anterior. Acusaram-me de fazer coisas que nunca fiz e isso será provado. Em agosto vamos a tribunal", afirmou o treinador sérvio.

Em relação ao seu futuro no Bolonha, Mihajlovic, de 50 anos, deixou tudo em aberto. "Não quero falar sobre isso. No domingo vou sentar-me com a direção e vamos decidir o que irá acontecer", rematou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.