O Rio Ave, da I Liga portuguesa de futebol, arrancou hoje a preparação da época 2020/21, num primeiro dia dedicado a exames de despiste à covid-19, sem o avançado Mehdi Taremi.

O jogador iraniano, melhor marcador da equipa na época passada, com 21 golos, que está ser cobiçado por outros clubes, foi autorizado a apresentar-se mais tarde em Vila do Conde, uma vez foi convocado para os trabalhos da seleção do seu país, tendo em vista os compromissos com a Síria e Uzbequistão, no início de setembro,

Esta manhã foram 20 jogadores que se apresentaram para o controlo médico, com destaque para a presença de Nuno Santos, que também tem despertado o interesse de outros emblemas, mas por enquanto começa a temporada na foz do Ave.

Também integrado neste dia inaugural do Rio Ave esteve o avançado Gabrielzinho, que cumpriu metade da época anterior emprestado ao Moreirense. Já Ronan, avançado que esteve cedido ao Tondela, ainda não esteve hoje presente nos Arcos.

O novo treinador da formação vila-condense, Mário Silva, que sucedeu no cargo a Carlos Carvalhal, ainda não recebeu qualquer reforço para o grupo, e só a partir de segunda-feira vai, pela primeira vez, orientar os jogadores no relvado.

A equipa técnica que vai acompanhar Mário Silva este temporada foi ontem divulgada, e será composta por Vítor Maçãs (adjunto), João Carvalho (preparador físico), Ricardo Matos (treinador de guarda-redes), João Araújo (analista), e Augusto Gama, como técnico ‘da casa', que também será adjunto.

Este sábado, após serem conhecidos os resultados dos testes de despiste à covid-19, o plantel vila-condense fará os restantes exames médicos para depois, na segunda-feira, cumprir a primeira sessão de trabalho no relvado.

Com um orçamento a rondar os 10 milhões de euros, a equipa da foz do Ave tem esta época o desafio da Liga Europa, depois de ter terminado o campeonato nacional anterior no quinto lugar.

O Rio Ave entra em ação na prova europeia em 17 de setembro, na segunda eliminatória da Liga Europa, frente a um adversário ainda a designar, sendo que para chegar à fase de grupos ainda tem de superar um terceira ronda e os ‘play-offs’.

Em termos de reforços, o conjunto vila-condense precisa de elementos para todos os setores da equipa, embora a base do plantel transite da época anterior, com continuidade de nomes com Kieszek, Santos, Filipe Augusto, Tarantini, Diego Lopes ou Carlos Mané.

Plantel provisório do Rio Ave para 2020/21:

- Guarda-redes: Kieszek e Carlos Alves.

- Defesas: Matheus Reis, Toni Borevkovic, Junio Rocha, Costinha, Pedro Amaral, Nélson Monte, Santos e Nadjack.

- Médios: Filipe Augusto, Diego Lopes, Nikola Jambor, Vitó, Tarantini, Rúben Gonçalves e Joca.

- Avançados: Bruno Moreira, Lucas Piazon, Leandro, Taremi, Nuno Santos, Carlos Mané, Schutte, Gabrielzinho, Ronan,

Treinador: Mário Silva (ex-Almeria, Esp).

Saíram: Paulo Vítor (Desportivo Chaves), Messias (América Mineiro, Bra / fim empréstimo), Diogo Figueiras (Sp. Braga / fim empréstimo), Al Mustari (Sp. Braga) e Gelson Dala (Sporting / fim empréstimo)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.