Leonel Pontes analisou a sua estreia enquanto treinador do Sporting no estádio do Bessa.

Análise

"Foi um jogo equilibrado. Sabíamos as características deste Boavista, que ia defender e baixar linhas e jogar no nosso erro. Acabaram por fazer o golo por um erro nosso. (...) Reagimos muito bem a esse golo, não tivemos qualidade ofensiva na primeira parte, faltou ali dinâmica. É normal porque tivemos jogadores a chegar, acho que o Acuña nunca jogou ligado aos jogadores novos, o Bolasie que era quem estava. Na segunda parte corrigimos, criámos algumas ocasiões de golo e acabámos por empatar."

Bruno Fernandes massacrado

"Equipa mais esclarecida, não cometemos tantos erros, colocámos mais vezes a bola na área, ganhámos muitas faltas. De salientar que temos talvez um dos melhores médios portugueses e é um dos jogadores mais massacrados, em termos de faltas e agressividade. Acaba expulso e do que me apercebi o lance não é para expulsão, mas eu não falo da expulsão, falo do que se passou durante o jogo, o número de faltas. Se queremos os melhores jogadores dentro de campo temos de os proteger e hoje o Bruno não foi protegido".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.