Em entrevista à BTV, João Félix recordou esta sexta-feira o episódio em que não foi cumprimentado pelo técnico do FC Porto, Sérgio Conceição, no final do clássico no Dragão. O jovem avançado revelou que Rodrigo Conceição, amigo de Félix e filho do treinador dos 'dragões', explicou-lhe a situação.

"Logo no primeiro ano em que vim para o Benfica, partilhei o quarto com o Rodrigo. Desde aí criei uma relação muito próxima com ele, já lá vão quatro anos e, nas férias passadas, passei-as lá com eles em casa, são pessoas cinco estrelas", começou por dizer.

O que aconteceu ali [clássico no Dragão], aconteceu. Estava de cabeça quente, acontece. Aquele jogo ninguém quer perder, era um jogo importante para a luta pelo título e, pronto, aconteceu. Na altura fiquei um bocado triste, mas depois as coisas resolveram-se, o Rodrigo explicou-me o porquê e ficou tudo bem", esclareceu.

O avançado, de 19 anos, marcou um golo no Dragão (2-1), naquele que foi o regresso a uma casa por onde passou na formação.

"Foi um jogo chave para a reconquista. Campo extremamente difícil em que poucas equipas ganharam lá nos últimos anos. Nós fizemos isso e deu um gozo especial porque permitiu passar para o primeiro lugar. Além disso, foi muito bom voltar ao clube onde tinha estado, fazer golo, sair com a vitória e no primeiro lugar", rematou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.