Ivo Vieira recusa a ideia que tenha sido o vento a determinar a vitória da sua equipa frente ao Sporting. O técnico dos ´canarinhos` lembrou que "ambas as equipas jogaram 45 minutos a favor do vento". O treinador elogiou os seus jogadores e deixou palavras de agradecimento aos adeptos.

 

Análise ao jogo e qualidade na 1.ª parte: "Esteve quase sempre presente, não esquecer que para trás o Estoril fez jogos de muita qualidade. Não jogou assim apenas contra o Sporting. Quando cheguei, já muito trabalho estava feito, é continuidade. Os jogadores melhoraram em termos psicológicos. Até já fez melhores jogos, com mais situações de golo... Agora, embora o jogo tenha sido difícil, com uma equipa forte e moralizada, demos uma resposta cabal, muito positiva".

Influência do vento no jogo: "Não [teve influência], ambas as equipas jogaram 45 minutos a favor do vento, e o Estoril foi aquele que conseguiu tirar mais proveito e soube tirar alguma vantagem sobre esse fator. Foi bem patente que nunca procurámos as costas, porque sabíamos que a bola ia perder-se para o guarda-redes ou para a linha de fundo. Na segunda parte sabíamos que tinha de ser com a bola trabalhada, o Sporting podia ter feito golos, mas nós também tivemos oportunidades para fazer mais dois ou três. Mas aí o resultado ia ser pesado para o Sporting, por aquilo que fez. Fomos muito competentes e merecemos o que aconteceu, foi um resultado positivo e uma vitória inteiramente justa".

Elogios aos jogadores: "A vitória deve-se aos jogadores, que acreditam nas nossas ideias, e também dar uma palavra à nossa claque que, embora o Estoril tenha passado por maus momentos, continua a aparecer e esteve em força. O que interessa não é o número, é a força. Ter estas pessoas a empurrar e puxar para cima... temos de ter uma palavra para eles. Ainda não está nada conquistado, ainda há muitos jogos pela frente. É um resultado muito bom, mas não podemos ficar eufóricos. Temos de continuar a trabalhar com intensidade e acreditar na nossa ideia de jogo".

O Estoril venceu o Sporting por 2-0, em jogo da 21.ª jornada da I Liga.