O Benfica foi o único clube que, no século XXI, conseguiu chegar ao título de campeão nacional de futebol não partindo na frente a 10 jornadas do final, o que aconteceu em 2004/05 e 2015/16.

Em 2004/05, as ‘águias’ tinham os mesmos 45 pontos dos ‘dragões’, mas desvantagem no confronto direto, para acabarem três à maior, e, em 2015/16, partiram a um ponto dos ‘leões’ (58 contra 59) e chegaram dois à frente (88 contra 86).

Este artigo pertence ao Especial Regresso da I Liga. Veja mais artigos

Nas restantes 17 edições, desde 2000/01, a equipa que liderava com 10 rondas por disputar chegou sempre ao título, sendo que, em 2011/12 e 2012/13, o FC Porto também comandava em igualdade pontual com o Benfica.

Em relação aos campeonatos a 18 equipas (2000/01 a 2005/06 e desde 2014/15), o ‘onze’ de Rui Vitória foi o único a conseguir a ‘reviravolta’ a uma situação de desvantagem pontual após 24 jornadas, então em relação ao Sporting, de Jorge Jesus.

A primeira época de Jesus em Alvalade começou com um triunfo por 1-0 sobre os ‘encarnados’ na Supertaça e prosseguiu, à oitava ronda da I Liga, com um ‘estrondoso’ 3-0 na Luz, que, então, deixou as ‘águias’, com um jogo em atraso – viriam a empatar a zero no reduto do União da Madeira -, em oitavo, a oito pontos dos ‘leões’.

Os ‘encarnados’ conseguiram, entretanto, recompor-se e, após 24 jornadas, seguiam a um escasso ponto do Sporting, que ultrapassariam na 25.ª, ao vencerem precisamente em Alvalade por 1-0, graças a um tento do avançado grego Mitroglou.

A formação de Rui Vitória, que anteriormente tinha perdido uma terceira vez com o Sporting, sendo afastada da Taça em Alvalade no prolongamento (2-1), ficou com dois pontos à maior, diferença que se manteve até final.

Para chegar ao cetro, então o ‘tri’, o Benfica teve de vencer os derradeiros nove jogos, cinco deles pela diferença mínima, com destaque para o 1-0 no Bessa, com um tento de Jonas, aos 90+3 minutos, o 2-1 em Coimbra e o 1-0 em Vila do Conde, onde resolveu o mexicano Raul Jiménez, aos 85 e 73, respetivamente.

Na penúltima ronda, os ‘encarnados’ também enfrentaram uma situação limite, com o Marítimo, na Madeira, face à expulsão de Renato Sanches, aos 37 minutos, com 0-0. Valeram os tentos de Mitroglou, aos 48, e Talisca, de livre direto, aos 83.

Em 2004/05, o Benfica também ‘virou’ a classificação, mas partindo de uma situação de igualdade pontual em relação ao FC Porto, que, à 24.ª ronda, liderava graças à vantagem no confronto direto (1-0 na Luz, com um golo de McCarthy, e 1-1 no Dragão).

Num campeonato atípico, em que perdeu 37 pontos (oito empates e sete derrotas), o Benfica, de Giovanni Trapattoni, fugiu nas duas jornadas seguintes, com dois triunfos por 2-0, com Gil Vicente (25.ª) e em Setúbal (26.ª), e dois desaires do FC Porto.

O título parecia ‘escancarado’, com o Benfica seis pontos à maior em relação a Sporting de Braga, Sporting, FC Porto e Boavista, mas os ‘encarnados’ não aproveitaram o embalo e, à 32.ª ronda, perderam em Penafiel a liderança para o Sporting.

As ‘águias’ ainda foram, porém, a tempo de chegar ao título, graças a Luisão, que, aos 83 minutos do dérbi da ronda 33, bateu Ricardo de cabeça, após livre de Petit, e permitiu ao Benfica saltar para a frente e afastar do título a equipa de José Peseiro.

A formação da Luz ficou a um ponto do título, que consumou na última ronda, com um empate 1-1 no Bessa, num dia em que o FC Porto não fez melhor na receção à Académica (1-1).

Em 2019/20, e após 24 jornadas, os ‘dragões’, que já contaram menos sete pontos, lideram com mais um ponto do que as ‘águias’ e são os únicos que só dependem de si próprios, pois já disputaram e venceram os dois jogos com o Benfica (2-0 na Luz e 3-2 no Dragão).

Veja mais artigos do Especial Regresso da Primeira Liga

A situação a 10 jornadas do fim do campeonato no Século XXI:

Época - Líder a 10 jornadas do fim - Campeão

18 equipas

2019/20 FC Porto (60 pontos) ?

2018/19 Benfica (59) Benfica (87)

2017/18 FC Porto (64) FC Porto (88)

2016/17 Benfica (60) Benfica (82)

2015/16 Sporting (59) Benfica (88)

2014/15 Benfica (62) Benfica (85)

16 equipas

2013/14 Benfica (49) Benfica (74)

2012/13 FC Porto (52)(x) FC Porto (78)

2011/12 FC Porto (49)(x) FC Porto (75)

2010/11 FC Porto (56) FC Porto (84)

2009/10 Benfica (49) Benfica (76)

2008/09 FC Porto (42) FC Porto (70)

2007/08 FC Porto (50) FC Porto (75)

2006/07 FC Porto (49) FC Porto (69)

18 equipas

2005/06 FC Porto (51) FC Porto (79)

2004/05 FC Porto (45)(x) Benfica (65)

2003/04 FC Porto (62) FC Porto (82)

2002/03 FC Porto (63) FC Porto (86)

2001/02 Sporting (53) Sporting (75)

2000/01 Boavista (52) Boavista (77)

(x) - Em igualdade pontual com o Benfica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.