Suado e sofrido. O Benfica venceu hoje por 1-0 na deslocação ao terreno do Gil Vicente, reassumindo a liderança do campeonato, mas não ganhou para o susto. Os ‘encarnados’, que vinham de duas derrotas no campeonato, frente a FC Porto e SC Braga, regressaram assim às vitórias, com Carlos Vinícius a marcar o único golo da partida, aos 15 minutos.

A equipa de Vítor Oliveira perde apenas pela segunda vez em casa neste campeonato, o que diz muito da qualidade do conjunto gilista, que já havia vencido FC Porto e Sporting em Barcelos, e esta noite discutiu o resultado até ao fim.

Bruno Lage mudou quatro peças em relação à derrota na Ucrânia. Para além dos previsíveis Weigl, Rafa e Vinícius, também Samaris começou o jogo em Barcelos. O médio grego, peça importante no título da época passada, não era titular desde 3 de dezembro, na Covilhã.

Por sua vez, Vítor Oliveira promoveu apenas uma alteração nos gilistas em relação ao triunfo com o Vitória de Setúbal: Alex Pinto, que está emprestado pelos 'encarnados', deu o lugar a Fernando Fonseca no lado direito da defesa.

A atravessar o pior momento da era Bruno Lage e pressionado pelo FC Porto, que subiu à liderança no seguimento da vitória sobre o Portimonense, o Benfica não tinha outro remédio senão vencer em Barcelos. Aos 8 minutos, Grimaldo fez um passe em profundidade para Pizzi, o médio contornou Denis, mas ficou sem ângulo e atirou ao lado.

Acabou por ser Vinícius a colocar as 'águias' em vantagem, aproveitando uma desatenção dos defesas do Gil Vicente: livre de Pizzi ligeiramente descaído para a direita a sobrar para Taarabt, que tirou um cruzamento teleguiado para Vinínius (15'), completamente sozinho na área, cabecear para o 20.º golo da época.

A equipa da casa tentou responder de canto, com um desvio de Nogueira a deixar Baraye (18') na cara do golo, mas o extremo rematou ao lado da baliza de Vlachodimos. Aos 24' foi a vez de Kraev atirar com força para a defesa apertada do guardião 'encarnado', que voltou a estar em bom plano ao travar o cabeceamento de Baraye.

As fragilidades defensivas do Benfica voltavam a fazer-se sentir perante a pressão do Gil Vicente, mas acabou por ser a equipa 'encarnada' a estar perto do golo. Aos 36 minutos, Vinícius colocou o esférico na baliza, mas Luís Godinho já havia assinalado fora de jogo. Logo a seguir, Pizzi tocou de calcanhar para a desmarcação de Rúben Dias, que tentou servir Vinícius ao segundo poste, mas Denis conseguiu desviar para canto no último instante.

Já em cima do intervalo, um mau passe de Tomás Tavares lançou o contra-ataque do Gil Vicente, mas Lourency perdeu tempo de remate e acabou desarmado por Ferro. Estava dado, ainda assim, o aviso dos gilistas para a segunda parte.

O Benfica voltou do descanso com uma ocasião soberana para aumentar a vantagem, num remate à meia volta de Carlos Vinícius, depois de um grande passe de Tomás Tavares, que encontrou Ygor no caminho da bola. O Gil Vicente dava mostras de querer dividir o jogo e reagiu prontamente através de Baraye, a arrancar pela esquerda e a atirar para defesa atenta de Vlachodimos.

Aos 68' Taarabt fez tudo bem após novo passe espetacular de Pizzi, mas o remate do marroquinho acertou com estrondo na barra da baliza de Denis. Mas o Gil Vicente estava vivo no jogo e aos 73' Hugo Vieira, que havia rendido Kraev, atirou de primeira para uma grande intervenção de Vlachodimos - foi o jogo com mais defesas do guarda-redes benfiquista neste campeonato.

Pouco depois, Vinícius abandonou o campo lesionado, dando lugar a Dyego Sousa. Face à asfixia dos gilistas, Bruno Lage aproveitou para lançar Cervi (saiu Rafa) para apoiar Grimaldo nas tarefas defensivas. O Benfica sofria em campo e já em cima do minuto 90 também Samaris deixou o jogo em dificuldades, tendo sido rendido Chiquinho. Mas o marcador não voltaria a sofrer alterações.

Com o triunfo de hoje, o Benfica reassume a liderança do campeonato, com 57 pontos, mais um que o FC Porto, enquanto o Gil Vicente, que tinha vencido o Vitória de Setúbal na última jornada, é 11.º, com 26 pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.