Na passada segunda-feira, o Benfica considerou “de enorme gravidade” a possibilidade de o árbitro Tiago Martins ter escrito no relatório do jogo de futebol com o Vitória de Setúbal que foi atingido por uma moeda, que lhe terá provocado um hematoma.

Os campeões nacionais afirmam ter sido confrontados com a informação de que o árbitro do jogo da sétima jornada da I liga, terá “escrito no seu relatório ter sido atingido por uma moeda que lhe terá provocado um hematoma” e asseguram que essa informação é falsa.

Francisco J. Marques não concorda com o Benfica e já veio criticar a atitude do rival. "Gostava de saber como é que o Benfica teve acesso tão rápido ao relatório. Está a exercer chantagem sobre o Conselho de Arbitragem e determinados árbitros e a criar a ideia de que o FC Porto é beneficiado", apontou o diretor de comunicação dos dragões.

O dirigente portista deixou ainda duras palavras a Luciano Gonçalves, presidente da APAF, que acusa de ter "uma ligação umbilical ao Benfica. Devia demitir-se. Nem um pio deu nesta situação do Tiago Martins."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.