Sentimentos diferentes em André Claro e Bryan Ruiz. O avançado do Estoril mostrou-se orgulhoso por ver a sua equipa aplicar a primeira derrota da época em Portugal ao Sporting.

 

"É a primeira derrota do Sporting no campeonato, por isso, saímos daqui com orgulho. Derrotámos uma equipa que ainda não tinha sofrido derrotas no campeonato. Agora na segunda parte tivemos duas oportunidades claras de golo, mas não conseguimos. Queria agradecer aos adeptos e também à minha família que tem estado sempre comigo", disse o jogador, na zona de entrevistas rápidas à Sport TV.

O dianteiro destacou a chegada dos reforços que podem ajudar o Estoril a manter-se na Primeira Liga.

"A qualidade estava cá e continua cá. É verdade que tivemos algumas limitações, mas agora está corrigido isso. A maior parte são os mesmos jogadores, obviamente que os reforços vieram para ajudar, mas temos confiança total nesta equipa".

Já Bryan Ruiz, lançado por Jesus no segundo tempo, culpou o vento pela derrota.

"Na primeira parte o vento condicionou muito, para além do vento houve muitos cantos seguidos e foi difícil defender. Depois do primeiro golo deu-lhes muita confiança. Tivemos muitas ocasiões para marcar, mas falhámos todas. [Na 2.ª parte] criámos mais opções do que na primeira parte, mas não marcámos os golos e nessa situação foi difícil. O vento condicionou-nos, tentámos aproveitar, mas não conseguimos", começou por dizer.

O costa-riquenho lembrou que "falta muito caminho" até ao final da Liga. "O campeonato ainda tem muitos jogos, estamos na 21.ª jornada".

O Sporting perdeu com o Estoril por 2-0 e caiu para o 3.º lugar da Liga, com os mesmos pontos do Benfica, agora 2.º classificado.