O jornal Record escreve esta quarta-feira na edição impressa que o estádio da Luz corre o risco de ser interditado. Segundo o desportivo, o clube da Luz será punido com um ou mais jogos à porta fechada na próxima vez que um encontro que envolva o Benfica volte a ser interrompido por causa do arremesso de artefactos pirotécnicos.

Caso este castigo venha a ser aplicado, será o terceiro do mesmo género, uma vez que já correm dois processos, um instaurado pelo IPDJ e outro por aquele órgão federativo.

Recorde-se que ontem o Conselho de Disciplina da FPF decidiu multar o clube da Luz em 20.081 euros pela utilização de engenhos pirotécnicos por parte dos seus adeptos no jogo com o Tondela, da 10ª jornada, e com o Moreirense, na Luz, dado que os 'encarnados' violaram o artigo 183 do Regulamento Disciplinar (arremesso perigoso de objetos com reflexo no jogo).

Segundo o Record, no caso deste castigo ontem conhecido foi plicado o ponto 2 do referido artigo (reincidência). Embora seja a primeira infração da época, os encarnados são reincidentes porque foram castigados numa das três épocas anteriores (concretamente em 2017/18), como está expresso no artigo 54 do mesmo regulamento.

Engenhos pirotécnicos valem multa de 20 mil euros ao Benfica
Engenhos pirotécnicos valem multa de 20 mil euros ao Benfica
Ver artigo

O mesmo artigo 183 refere no ponto 3 que se um clube já tiver sido punido como base no ponto 2 na mesma época, verá o seu estádio ser interditado. A moldura penal varia entre um e três jogos à porta fechada. Ou seja, caso o Benfica volte a ser castigado na corrente temporada, o Estádio da Luz será interditado.

Na deslocação dos 'encarnados' ao Estádio João Cardoso, o jogo esteve interrompido devido ao arremesso de três tochas por parte adeptos do Benfica. O Conselho de Disciplina castigou o clube da Luz com uma multa de 17.691 euros devido aos engenhos pirotécnicos. Na segunda parte, após o golo de Seferovic, que colocou as águias em vantagem, foi atirada mais uma tocha, que caiu muito perto de Cláudio Ramos.

Já o jogo com o Moreirense, no Estádio da Luz, valeu uma multa de 2.390 euros ao Benfica.

O jornal O Jogo fez as contas e o Benfica esta época já foi multado em 43,6 mil euros nas competições nacionais pelo lançamento de tochas, pertardos e ofensas verbais dos seus adeptos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.