Pedro Mil-Homens, diretor geral do Centro de Formação e Treino do Benfica, foi um dos participantes da "Conferência Bola Branca – Que futebol queremos para Portugal", onde destacou o "papel fundamental" da equipa B dos 'encarnados' na conquista do título.

"Teve toda a importância, até dou o exemplo de um estudo de uma relação muito clara da afirmação dos jovens com os jogos profissionais que tinham feito antes de chegarem à equipa principal. Estes jogadores que chegaram à equipa em janeiro, ou fevereiro, trouxeram consigo um conjunto de jogos e minutos de futebol sénior, estão muito bem preparados", realçou Pedro Mil-Homens.

"Imaginemos que não tínhamos este espaço competitivo. Sem a equipa B, era só os juniores. Temos a equipa sub-23, que achava que seria um nível mais baixo do que foi, mas a importância da equipa B é muito estratégica para nós", acrescentou.

O dirigente 'encarnado' avisa, contudo, que o cenário desta temporada não se vai repetir todos os anos.

"Agora, não há jogadores nas equipas principais ao ritmo de cinco ou seis por ano, isso não existe. Por isso, agora vamos iniciar um novo ciclo na equipa B, aquela que vai iniciar no próximo ano será quase nova, mas esse é o desafio", disse.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.