O pai de Luis Díaz saiu em defesa do filho depois da polémica festa de aniversário da mulher de Matheus Uribe, que motivou o afastamento dos dois jogadores colombianos, bem como de Renzo Saravia e Marchesín, do dérbi com o Boavista, da 11.ª jornada do campeonato.

Em declarações ao jornal A Bola, Manuel Luis Díaz garante que o filho não conhecia as regras do FC Porto.

"Desconhecia o regulamento disciplinar e em momento algum o Luis imaginou que estaria a infringir as regras do clube", começou por dizer o pai de Luis Díaz.

"É a primeira vez na carreira do Luis que algo do género acontece. Ele é um grande profissional, como são todos os seus companheiros, e tem dado provas de que está empenhadíssimo em lutar pelo sucesso do FC Porto", garantiu.

Manuel Luis Díaz, que também esteve na festa de Cindy Álvarez Garcia, desmente que tenha ficado na casa de Uribe até altas horas da madrugada. "Foram escritas muitas mentiras. Também estive na festa e viemos todos para casa muito antes disso."

"O meu filho é um bom menino, com muitos bons princípios e tem um passado imaculado, sem registo de qualquer problema disciplinar pelos clubes onde passou", notou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.