Nuno Gomes deixou a direção do centro de estágios do Seixal e o Benfica escolheu Pedro Mil-Homens para continuar o trabalho de formação que tem sido feito na Academia dos ‘encarnados’. O novo diretor vai assumir a liderança e gestão do Caixa Futebol Campus acumulando funções com o projeto do colégio Benfica, um plano que consiste em criar um colégio interno para 800 alunos.

As funções de gerir uma academia não são novidade para o professor universitário de 58 anos depois de já ter sido um dos homens fortes na Academia do Sporting em Alcochete. Na formação leonina, Mil-Homens esteve encarregue da gestão da formação durante uma década após ter sido convidado pelos ‘leões’. Colaborou ainda na expansão internacional da Academia Sporting até 2013 altura em que deixou Alvalade para exercer exclusivamente a função de professor universitário.

Antes de acertar acordo com o clube da Luz, Pedro Mil-Homens já tinha sido associado por várias vezes ao emblema das ‘águias’. O professo universitário chegou mesmo a colaborar com o Benfica sempre com o intuito, por parte dos ‘encarnados’, de ser integrado na estrutura.

Doutor em Ciências do Desporto, pela Faculdade de Motricidade Humana, da Universidade Técnica de Lisboa, Pedro Mil-Homens já esteve encarregue da gestão do Estádio Universitário de Lisboa entre 1997 e 2000. Seguiu-se a passagem como professor da mesma universidade onde estudou bem como a direção do Laboratório de Otimização do Rendimento Desportivo. Pelo meio, esteve na supramencionada passagem pelo clube Leonino.

Nuno Gomes deixa os comandos da formação dos ‘encarnados’, mas não a estrutura do clube da Luz. O antigo avançado vai manter-se no organograma do Benfica noutra área de gestão. As relações internacionais apresentam-se como um potencial novo departamento para Nuno Gomes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.