Quando Benfica e Corinthians fecharam o acordo para a transferências de Pedrinho, acertaram também um seguro para que o jogador pudesse atuar no Brasil durante mais algum tempo sem receios de sofrer uma lesão, salvaguardando assim uma possível lesão do jogador.

Porém, com as competições interrompidas, o principal problema para os jogadores passa por uma possível contaminação com o novo coronavírus mas, de acordo com o portal brasileiro UOL Esporte, Pedrinho está também protegido com um seguro contratualizado pelo Benfica que salvaguarda essa situação.

De acordo com o UOL Esporte, o pagamento desse seguro ficou a cargo das 'águias', que assim precaveram qualquer problema de saúde do atleta, como um possível contágio com Covid-19, para além de alguma eventual lesão que o jogador viesse a sofrer. Medida idêntica foi tomada, por exemplo, pelo Ajax, que contratou Antony ao São Paulo em moldes semelhantes.

Pedrinho, de 21 anos, recorde-se, esteve em Portugal no início de março para assinar pelo Benfica, que pagou 20 milhões de euros pela sua contratação e, no regresso ao Brasil, fez um teste à Covid-19, o qual deu negativo, estando em quarentena desde que voltou ao seu país. Vai-se treinando, como os restantes atletas, na respetiva casa, e está a ser acompanhado pelo departamento médico do Corinthians.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.