Granit Xhaka pediu para não ser convocado para o jogo com o Leicester. Foi o próprio Unai Emery, treinador do Arsenal, a confirmar o pedido do médio suíço.

"Falei com ele na terça-feira para perceber como ele se sente, porque tem trabalhado bem. Como ele disse que não está em condições, vamos esperar ", disse Emery, citado pela edição online do jornal 'L'Équipe'.

O suíço perdeu a braçadeira de capitão dos 'gunners' depois de um desentendimento com adeptos do Arsenal, na altura em que foi substituído frente ao Crystal Palace, na 11.ª jornada da Premier League. Devido a essa confusão com os adeptos, Emery resolveu retirar-lhe a braçadeira de capitão e deixa-lo fora dos convocados que quinta-feira empataram 1-1 com o Vitória de Guimarães para a Liga Europa.

Esperava-se o regresso do médio aos eleitos do técnico para o jogo deste fim-de-semana mas Xhaka pediu para não ser convocado.

O capitão do Arsenal passou a ser Pierre-Emerick Aubameyang.

Sem Xhaka, Emery já pode contar com mais um reforço: "É possível que Ozil jogue amanhã [sábado]", frisou. O alemão tem estado afastado dos relvados por, alegadamente, não estar totalmente comprometido com o clube.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.