Mesmo com o problema do novo coronavírus, as operadoras televisivas estão a pressionar o regresso da Premier League.

Avança o 'Daily Mail', que as cadeias televisivas pretendem o regresso antecipado da competição de forma a manterem a sustentabilidade financeira.

A referida fonte informa que o primeiro fim de semana de maio pode marcar o regresso da liga inglesa, com o final a ser agendado para o dia 12 de julho.

O regresso antecipado permitiria à Premier League evitar o pagamento de quase 800 milhões de euros de indemnização às operadoras.

Contudo, esta situação não tem sido encarada de forma pacífica, face ao crescimento de casos de covid-19 no país, o governo não deverá autorizar o regresso das competições, nem mesmo o sindicato de jogadores, preocupado em manter a saúde dos atletas.

Recorde-se que o plano inicial era o regresso da competição em junho, com os restantes 92 partidas a serem disputadas em seis semanas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.