Christian Pulisic chegou neste mercado de verão ao Chelsea a troco de 60 milhões de euros, mas não tem sido opção regular do treinador Frank Lampard.

Em entrevista ao jornal 'The Guardian', o internacional norte-americano lamenta a falta de oportunidades no emblema londrino, ele que no mês de setembro apenas jogou 90 minutos no jogo da Taça da Liga frente ao Grimsby.

"Logicamente, não tenho tido os minutos que gostava. Sei que o meu tempo vai chegar. Não vou simplesmente atirar a toalha e desistir, por isso, se estiver no banco não quer dizer que o treinador não me veja como parte da equipa. Tenho de continuar a tentar", começou por dizer Pulisic.

"Quero começar em todos os jogos. Trabalho duro nos treinos, quero estar aqui, espero que isso se veja. Com momentos destes espero que me faça um caso sério", acrescentou, numa referência à assistência que fez no jogo deste fim de semana frente ao Southampton

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.