Com o triunfo deste sábado, por 1-0, sobre o Aston Villa, o Wolverhampton colocou-se a dois pontos dos lugares de acesso à 'Champions' na Premier League, embora o Chelsea, que ocupa atualmente o tão precioso quarto posto, tenha menos uma partida disputada. Ainda assim, Nuno Espírito Santo, o português que orienta os 'Wolves', não entra em euforias, diz que há um longo caminho pela frente e, para já, só pensa no próximo jogo, frente ao Arsenal.

"Tivemos um ciclo difícil e o caminho que temos pela frente é duro. Vamos ter uma semana para trabalhar, mas também para recuperar. Vamos ter três jogos na próxima semana, por isso, vai ser difícil. Temos de perceber que este é um momento da época muito exigente para os jogadores, mas vamos continuar a trabalhar. Depois, veremos o que acontece", disse.

Também o facto de a sua equipa levar já 27 pontos conquistados fora de portas esta época não mereceu grandes euforias por parte de Nuno Espírito Santo. "Tentamos não diferenciar os jogos fora e em casa. O futebol mudou. O fator mais importante para a equipa da casa são os adeptos, por isso, desde que consigamos manter a abordagem, é como jogar em campo neutro", sublinhou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.