Depois do empate com o Arsenal, o Manchester United recebe o Fulham este sábado, com o objetivo de regressar às vitórias na Premier League, algo que foge à equipa há mais de um mês.

No lançamento da partida, José Mourinho elogiou o adversário e o seu treinador, Claudio Ranieri, "um amigo e um homem fantástico".

"Quero ser positivo e pensar que vamos ganhar, mas se não acontecer, temos de dar crédito a quem o merece porque o jogo não são 11 contra 0, mas sim 11 contra 11. Haverá bons jogadores do outro lado, trata-se de uma equipa treinada por um dos dois mais importantes treinadores na história da Premier League, na minha opinião. Têm muito potencial para chegarem aqui e causarem-nos dores de cabeça", afirmou o treinador dos 'red devils'.

Mourinho foi ainda questionado se o facto de ter terminado no segundo lugar na época passada podia ser considerado um grande feito desportivo.

"Não estou a dizer que seja o nosso caso, mas uma equipa pode terminar em 10.º e o treinador sentir que foi campeão, certo? Se falarem com o David Wagner, o Rafa Benitez, o Claudio [Ranieri] e dizerem que vão ficar em 10.º esta época eles vão sentir-se como campeões. Eu fiz um trabalho fantástico, fiquei à frente de muitas equipas com muito mais potencial que nós e acabei em segundo. É simplesmente isso", justificou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.