O guarda-redes do Tottenham, Hugo Lloris vai "quase de certeza" ficar fora dos relvados durante o resto do ano depois da sua horrível lesão no último fim de semana, afirmou esta segunda-feira Didier Deschamps, selecionador francês.

"É difícil dizer quanto tempo ele vai estar indisponível", disse Deschamps enquanto os jogadores franceses se reuniam para a preparação dos próximos jogos de França contra a Islândia na próxima sexta-feira e contra a Turquia três dias depois.

"O que importa agora para nós é que ele não estará connosco nesta jornada, nem na próxima"

A França defronta a Albania e a Moldavia em Novembro.

Lloris lesionou-se com gravidade no cotovelo depois de conceder o golo inicial na derrota dos 'Spurs' por 3-0 frente ao Brighton no último sábado, depois de cair mal após tentar defender o cruzamento.

O guarda-redes dos Spurs recebeu oxigénio e morfina enquanto foi retirado do campo e levado para o hospital.

"Quase de certeza que ele não estará de volta aos relvados em 2019", disse Deschamps.

Steve Mandanda vai render Lloris na baliza de França frente à Islândia enquanto que Paulo Gazzaniga, que substituiu o francês no sábado, deverá continuar a substituir o guarda-redes nos Spurs.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.