Alexis Sánchez e Romelu Lukaku devem aproveitar a oportunidade para impressionar, já que uma crise de lesões tem prejudicado a equipa do Manchester United, disse Ole Gunnar Solskjaer, o treinador dos 'red devils'.

Ambos os jogadores lutaram por boa forma durante a maior parte da temporada, com Sánchez a ser lançado de início em apenas um jogo da Premier League em 2019, e Lukaku a somar 10 jogos sem marcar.

Os dois avançados foram anunciados como contratações importantes quando chegaram a Old Trafford, mas nenhum dos dois seria agora considerado um arranque automático.

No entanto, a equipa do United está no limite enquanto se prepara para a visita de quarta-feira ao Crystal Palace para a Premier League, com 10 jogadores indisponíveis ou em dúvida por causa de lesão.

Essa lista inclui quatro avançados da linha de frente, Anthony Martial, Jesse Lingard, Marcus Rashford e Juan Mata.

Lingard e Mata tiveram que ser substituídos durante a primeira metade do empate a zeros contra o Liverpool, no domingo, enquanto Rashford jogou até ao final, apesar de uma lesão no tornozelo causada por uma disputa de Jordan Henderson no início. O avançado francês Martial falhou o jogo devido a um problema na virilha.

No entanto, Solskjaer está confiante de que Sánchez e Lukaku têm qualidade para impressionar se receberem uma oportunidade de jogar.

"É uma chance para eles jogarem com todo o seu potencial. Reputação é uma coisa, mas o potencial é alto", disse Solskjaer.

"Os dois são bons companheiros e ligam-se bem juntos, então isto pode ser uma oportunidade para os dois juntos encontrarem alguma forma de nos darem uma dor de cabeça de seleção para quando todos ficarem em forma."

Solskjaer confirmou ainda que não vai arriscar utilizar Martial contra o Palace, embora ele possa voltar para o jogo de sábado contra o Southampton.

O capitão Antonio Valencia, por sua vez, está a várias semanas do retorno depois de ter agravado uma lesão.

O United também tem Matteo Darmian, Phil Jones, Nemanja Matic e Ander Herrera no boletim clínico, então Solskjaer convocou Angel Gomes, Tahith Chong e James Garner da formação do United.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.