Liverpool e Manchester City não têm margem de erro na 37.ª e penúltima jornada da Premier League, já que uma derrota afastaria-os quase definitivamente do título.

Os 'Reds' não têm tempo para se lamentar e terão que recuperar o mais rápido possível da dura derrota em Barcelona no jogo da primeira-mão das meias-finais da Liga dos Campeões na quarta-feira (3-0). Se perderem a concentração poderão perder o rumo no sábado fora de casa diante de um sólido Newcastle, comandado por um velho conhecido das bancadas de Anfield, o espanhol Rafael Benítez.

"Não precisam de pensar na próxima partida contra o Barcelona, agora jogamos contra o Newcastle. É a única coisa que nos importa", disse o técnico do Liverpool, o alemão Jürgen Klopp.

Para vencer o Newcastle e ultrapassar provisoriamente o Manchester City pela sétima ronda consecutiva, o alemão poderá contar com o brasileiro Roberto Firmino, além de Trent Alexander-Arnold e Xherdan Shaqiri, que não jogaram em Camp Nou.

Se os 'Reds' perderem ou empatarem vão deixar o City, que joga na segunda-feira à noite, mais perto do título.

Os atuais campeões ingleses recebem o Leicester. Os 'foxes' melhoraram sob o comando de Brendan Rogers, mas a dúvida é se terão os meios necessários para superar os 'citizens' que descansaram e vêm de uma série de doze vitórias consecutivas.

Se os dois aspirantes ao título somarem os três pontos, tudo será decidido na última jornada.

Atrás deles, as equipas envolvidas na corrida por uma vaga na Liga dos Campeões deverão voltar ao caminho da vitória, algo que não aconteceu nas últimas três rondas.

Se derrotar o Bournemouth fora de casa no sábado, o Tottenham vai garantir matematicamente a participação na próxima edição da Champions.

No domingo, o Chelsea poderá dar um passo gigante se vencer o Watford. Já Arsenal e Manchester United podem perder todas as esperanças em caso de derrota ou empate contra o Brighton e o Huddersfield respetivamente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.