Dois golos do belga Eden Hazard deram hoje a vitória ao Chelsea na visita ao Watford (2-1), em jogo da 19.ª jornada da liga inglesa de futebol, em que os londrinos regressaram aos triunfos.

O extremo belga marcou aos 45+1, dois minutos antes de o argentino Pereyra empatar a partida, e ‘bisou’ aos 58 minutos, de penálti, dando o quarto lugar isolado aos comandados de Maurizio Sarri.

Os ‘blues’ chegaram aos 40 pontos, mais dois do que o Arsenal, que hoje empatou a uma bola na visita ao Brighton, enquanto o Watford segue em nono com 27 pontos, os mesmos do oitavo classificado Everton.

Num jogo em que dominou a posse de bola, mas viu os ‘hornets’ criarem maior perigo junto das balizas, o Chelsea acabou por confiar em Hazard para recuperar da derrota sofrida há quatro dias, na receção ao Leicester (1-0).

No primeiro tempo, só um passe errado no meio-campo permitiu quebrar o nulo, com o croata Kovacic a lançar o belga para o nono golo na liga inglesa, o 13.º em todas as competições, mas o argentino Pereyra empatou logo a seguir, assistido pelo grego Holebas.

No reatar da partida, os londrinos voltaram a surgir mais fortes e Hazard, que liderou uma frente de ataque móvel com o espanhol Pedro e o brasileiro Willian, fez o 2-1 na conversão de uma grande penalidade, aos 58.

O técnico espanhol Javi Gracia reagiu e lançou em campo o português Domingos Quina aos 67, mas não foi capaz de evitar novo desaire, depois de duas vitórias que tinham posto fim a uma série de seis jogos sem vencer.

Antes, o Arsenal deixou fugir o rival de Londres ao empatar na visita ao Brighton, num jogo em que o gabonês Aubameyang adiantou os ‘gunners’, logo aos sete minutos, marcando o 13.º tento na ‘Premier League’ até agora, o melhor registo do campeonato, antes de o holandês Locadia aproveitar um erro do suíço Lichtsteiner para igualar, aos 35.

O Arsenal, que não consegue vencer fora para o campeonato há um mês, na visita ao Bournemouth (2-1), é quinto com 38 pontos, enquanto o Brighton segue em 13.º com 22 pontos, já 10 acima dos lugares de descida.

O ‘boxing day’ em Inglaterra ficou marcado pela derrota do campeão em título, Manchester City, na receção ao Leicester (2-1). Bernardo Silva abriu o ativo para os ‘citizens’, aos 14, antes de Albrighton empatar para os ‘foxes’, cinco minutos depois, com Ricardo Pereira a decidir o encontro para os forasteiros com um grande golo, aos 81.

A equipa de Pep Guardiola somou a segunda derrota consecutiva e caiu para o terceiro lugar, atrás do Tottenham, que goleou o Bornemouth por 5-0, naquele que foi o quinto triunfo consecutivo.

O Liverpool fechou a primeira volta da ‘Premiership’ na liderança e invicto, conseguindo a oitava vitória consecutiva ao golear em casa o Newcastle (4-0), passando a ter seis pontos de vantagem na frente, em relação aos ‘spurs’.

Os ‘reds’, que fecharam a primeira volta com 16 triunfos e três empates, procuram um título que lhes foge desde 1989/90.

O Everton, de Marco Silva, goleou fora o Burnley por 5-1, seguindo a cinco pontos do sexto lugar, ocupado pelo Manchester United, que bateu em casa o lanterna-vermelha Huddersfield por 3-1, no segundo jogo ‘pós’ José Mourinho.

Por seu lado, o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, somou um ponto no reduto do Fulham, seguindo em 10.º lugar com 26 pontos, enquanto Crystal Palace e Cardiff empataram a zero em Lodnres, no outro encontro do ‘Boxing Day’.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.