O Watford de Marco Silva esteve a vencer em casa do Chelsea por 2-1, teve várias oportunidades para ampliar, mas permitiu a reviravolta dos campeões ingleses. As mudanças de Antonio Conte surtiram efeito e ajudaram a equipa a voltar aos triunfos, depois de duas derrotas na Premier League e um empate na Champions.

Em Stamgord Bridge o Chelsea tentava regressar às vitórias, depois do empate 3-3 no mesmo estádio com a AS Roma para a Liga dos Campeões e das duas derrotas seguidas na Premier League (Manchester City e Chelsea). Já o excelente Watfor de Marco Silva procurava manter o quarto lugar da prova com que entrou para a ronda nove da Premier League.

Os campeões ingleses foram os primeiros a marcar, aos 12 minutos, num golaço do espanhol Pedro, quatro minutos depois de Gomes ter negado o golo ao Chelsea. O extremo aproveitou um canto de Hazard para rematar forte, de fora da área, fazendo o 1-0. Mas à beira do intervalo o Watford logrou o empate por Doucouré, num remate fortíssimo de pé direito na área, após lançamento longo de Holebas que a defensiva ´blue` despachou mal.

No segundo tempo os ´hornets` entraram melhor e podiam ter feito a reviravolta no marcador logo aos 49 minutos, mas o brasileiro Richarlison falhou um golo cantando, após passe de Fermenia. Um falhanço incrível. Redimiu-se no lance seguinte, no mesmo minuto, ao assistir o argentino Roberto Pereyra para o 2-1 e para a reviravolta, num excelente lance de contra-ataque.

O 3-1 esteve na cabeça de Richarlison aos 54 minutos, mas a tarde não era do brasileiro de 20 anos. Solto na pequena área, o jovem extremo cabeceou ao lado um livre de Roberto Pereyra.

Antonio Conte não estava a gostar nada do jogo da sua equipa e fez entrar Batshuayi, William e Zappacosta para os lugares de Pedro, Morata e Marcos Alonso. A equipa melhorou e foi à procura do empate que chegou por parte de Batshuayi. O avançado belga aproveitou um centro de Pedro (antes de sair) para cabecear para o 2-2 aos 71.

Num grande jogo de futebol, com parada e resposta, a equipa do português Marco Silva podia ter voltado a tomar a dianteira do marcador aos 86 minutos mas Kabasele cabeceçou ao lado um centro onde apareceu sozinho na área e podia ter feito muito mais.

O Chelsea voltou a ser muito penalizador e após mais um falhanço do Watford, fez o 3-2 por Azpilicueta, após centro de William. O próprio William ajudou as fechar as contas do jogo aos 94, ao fazer o passe para o desvio na área  de Batshuayi, que entrou e bisou no jogo.

A vitória permite ao Chelsea voltar às vitórias após três jogos sem vencer e ultrapassar o Watford na tabela. Os campeões ingleses somam agora 16 pontos, mais um que os ´hornets` que somaram a segunda derrota na prova, depois de terem sido goleados pelo Manchester City.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.