O Manchester United confirmou na quarta-feira a saída de um dos maiores talentos que revelou, o craque Angel Gomes (20 anos), que acabou de ver o seu contrato expirar no dia 31 de junho. O destino do filho de Gil, antigo campeão do Mudndo de sub-20 por Portugal, é ainda incerto.

"O Manchester United pode confirmar que Angel Gomes recusou a oferta de um novo contrato e, consequentemente, deixa o clube", escreveu o United em comunicado.

Angel Gomes, que chegou ao clube aos 6 anos, estava entre os grandes talentos da equipa juvenil dos 'Red Devils'.

Em maio de 2017, estreou-se na equopa principal, substituindo Wayne Rooney numa partida contra o Crystal Palace, tornando-se no primeiro jogador nascido nos anos 2000 a jogar pelo United e o mais jovem (16 anos e 263 dias) desde Duncan Edwards, uma das vítimas do acidente de aviãoção em Munique em fevereiro de 1958.

Meses depois, ele fez parte da seleção inglesa que se sagrou campeã do mundo sub-17 pela primeira vez na sua história, vencendo na final por 5-2 a Espanha, depois de estar a preder por 2-0.

Jogou ao lado de Jadon Sancho (Dortmund) e Phil Foden (Manchester City) e semanas depois assinou o seu primeiro contrato profissional.

Apesar do seu enorme talento, Angel Gomes é criticado por não ter físico suficiente para jogar no mais alto nível, e é por isso que talvez não tenha confirmado as esperanças que foram depositadas nele.

Nos últimos meses, o jogador e o clube mantiveram um braço de ferro, já que o United não queria que ele jogasse se não renovasse o seu contrato e ainda teve a dificuldade de encaixá-lo numa posição que já tem Bruno Fernandes, Paul Pogba, Jesse Lingard e Juan Mata.

Angel Gomes disputou apenas quatro jogos esta temporada, dois deles como titular na Liga Europa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.