O defesa Aleksandr Aniukov, de 37 anos e 77 vezes internacional pela Rússia, anunciou hoje o final da sua carreira futebolística, num comunicado publicado no sítio oficial do seu atual clube, o Krilia Sovétov.

Aniukov alinhou em 2019/20 no clube da sua cidade Samara, ao qual regressou, 14 anos depois, para cumprir o desejo de se despedir do futebol na equipa em que começou.

Entre as duas passagens pelo Krilia Sovétov, o defesa russo jogou sempre ao serviço do Zenit São Petersburgo (2005/2019), ao serviço do qual conquistou a Taça UEFA, em 2007/08, e a Supertaça Europeia, em 2008/09, ao lado do português Danny, que faturou.

O Zenit venceu a Taça UEFA após bater na final os escoceses do Glasgow Rangers - que haviam afastado o Sporting nos ‘quartos’ - por 2-0 e, na época seguinte, ganhou inesperadamente a Supertaça Europeia, com um triunfo por 2-1 frente ao Manchester United.

O jogador nascido em 28 de setembro de 1972 arrebatou ainda cinco campeonatos russos e fez parte da seleção que chegou às meias-finais no Europeu de 2008, caindo frente à Espanha, que se sagraria campeã, por 3-0.

Aniukov também representou a Rússia nos Europeus de 2004, em Portugal, e 2012, sendo que, em 77 jogos pela seleção, apenas marcou um golo, num particular com a Alemanha, disputado em Mönchengladbach e que terminou com um empate 2-2.

Na presente temporada, o defesa disputou 18 jogos no campeonato russo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.