Quem é o jogador mais alto do Mundial2018? E o mais pesado? Quais foram os convocados de última hora? Que jogadores podem festejar o aniversário na final em Moscovo? Confira algumas das curiosidades das listas de 23 convocados de cada seleção para este Mundial:

Convocado de último minuto

A sua presença na Rússia será possível em detrimento de um companheiro. O promissor atacante dinamarquês do Ajax, Kasper Dolberg, foi convocado de emergência depois da baixa por lesão do seu compatriota Nicklas Bendtner. O mesmo acontece com argentino Enzo Pérez e o colombiano Farid Diaz. O médio ex-Benfica substitui o lesionado Lanzini. Já o defesa de 34 anos do Olimpia vai ocupar o lugar de Frank Fabra.

Outros talvez nem imaginassem, há alguns anos, que iriam disputar o Mundial. Adil Rami, ex-funcionário da Câmara Municipal de Fréjus, Thomas Meunier, ou Nick Pope. O belga trabalhou como carteiro e depois para uma empresa de automóveis, enquanto o terceiro guarda-redes de Inglaterra entregava leite até muito recentemente.

Mini, maxi

O marroquino Mbark Boussoufa, o japonês Takashi Inui e o mexicano Jaiver Aquino, com 59 quilos cada um, compartilham o cinturão do jogador menos pesado do Mundial 2018. São 40 quilos a menos do que o panamiano Román Torres, defesa com 99 quilos distribuídos em 1,88 metros, segundo as fichas técnicas publicadas pela FIFA. A média de peso do torneio é de 77,1 quilos.

Um jornalista russo disse a Torres que ele era o "mais gordo" do campeonato, mas o defesa reagiu, levantando a sua camisola e mostrando um abdómen escultural. Aparentemente, a massa muscular faz a diferença.

Entre os menores, há três jogadores com 1,65 metros, os mais baixos do torneio: o suíço Xerdan Shaqiri, o saudita Yahia Aslshehri e o panamiano Alberto Quintero, que têm 5 centímetros a menos do que Lionel Messi (1,70m). Entre os mais altos, todos os olhares se voltam para os guarda-redes. O mais alto é o croata Lovre Kalinic (2,01 m). O outro jogador que supera a barreira dos 2 metros é o defesa dinamarquês do Borussia Monchengladbach Jannik Vestergaard. A altura média do Mundial é 1,82 metros.

Como se diz 'parabéns pra você' em russo?

Há dois jogadores que podem festejar o aniversário no dia da final, a 15 de julho: o japonês Yoshinori Muto e o brasileiro Danilo.

Ao todo, 65 jogadores festejam o seu aniversário entre 14 de junho e 15 de julho. Entre eles, estão três superestrelas: o egípcio Mohamed Salah completará 26 anos a 15 de junho; Lionel Messi, 31 anos, a 24 de junho; e o belga Kevin De Bruyne, 27, a 28 do mesmo mês. O peruano Andre Carrillo soprará as velinhas no dia da abertura do Mundial.

Jovens e velhos

Por apenas 15 dias, a sensação francesa Kylian Mbappé (nascido em 20 de dezembro de 1998) não é o jogador mais jovem do Campeonato do Mundo. O australiano de origem iraniana Daniel Arzani, do Melbourne City, nascido a 4 de janeiro de 1999, ostenta o título.

No outro extremo do calendário, o mais veterano do torneio é o guarda-redes egípcio Essam El Hadary, que, aos 45 anos, será o jogador mais velho na história dos Mundiais. Atrás dele, vem o mexicano Rafael Márquez, de 39 anos.

Não há lugar como a nossa casa

No caso dos jogadores ingleses, 100% atuam na Premier League. Na sequência, estão a seleção russa, com 21 internacionais a jogar na Superliga russa, e a Arábia Saudita, com 20 jogadores do seu campeonato local na lista dos 23. Espanha (17) e Alemanha (15) são as outras duas seleções com maioria de jogadores que treinam em equipas dos respectivos países.

Já no caso sueco, ou senegalês, nenhum convocado joga na liga do seu país. Bélgica (Leander Dendoncker), Islândia (Birkir Saevarsson), Nigéria (Ikechukwu Ezenwa) e Suíça (Michael Lang) têm apenas um homem no seu campeonato nacional.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.