No futebol, tudo anda demasiado rápido, especialmente quando Kylian Mbappé acelera: o avançado francês brilhou nos oitavos de final Mundial 2018 contra a Argentina ao marcar dois dos quatro golos (vitória 4-3 dos gauleses) e, com apenas 19 anos e seis meses, continua a quebrar recordes.

Eis um resumo rápido dos pontos mais importantes de sua carreira precoce.

- Primeiro jogo como profissional

2 de dezembro de 2015, Mónaco-Caen, 1-1 pelo campeonato francês

No Mónaco, substitui Fabio Coentrão aos 43 minutos do segundo tempo. Nascido em 20 de dezembro de 1998 em Paris, Mbappé estreia--se aos 16 anos.

- Primeiro jogo europeu

10 de dezembro de 2015, Tottenham-Mónaco, 4-1 na fase de grupos da Liga Europa

Com o jogo em 3-0 em Londres para os 'spurs', a equipa monegasca dirigia a eliminação da fase de grupos quando Mbappé entra em campo aos 11 minutos do segundo tempo. No período em que esteve em campo, foi a tempo de ajuda Stephan El Shaarawy a reduzir para 4-1.

- Primeiro golo

20 de fevereiro de 2016, Mónaco-Troyes, 3-1 pela Liga Francesa

Já nos descontos (90+3), Mbappé 'mata' o jogo com um remate de pé esquerdo, perto da grande área, após um passe do ex-benfiquista Hélder Costa. Com 17 anos, torna-se no goleador mais jovem da história do Mónaco e supera o ídolo e mítico Thierry Henry.

- Primeira vez titular no campeonato francês

28 de fevereiro de 2016, Nantes-Mónaco, 0-0 pelo campeonato francês

Uma semana depois de marcar o seu primeiro golo, Mbappé saboreia a sua primeira partida como titular. Joga 89 minutos e recebe o seu primeiro cartão amarelo.

- Primeiro contrato profissional

6 de março de 2016

Mbappé assina o seu primeiro contrato profissional com duração de três anos com o Mónaco. Os representantes (o seu pai, Wilfrid Mbappé, a frente) do jovem jogador, procurado por grandes clubes europeus, finalizaram uma negociação que foi muito difícil.

- Primeiros títulos nos escalões jovens

21 de maio de 2016, Mónaco-Lens, 3-0 na final da Taça de França em Sub-19.

O Mónaco 'esmaga' o Lens graças a grande exibição de Mbappé no Stade de France.

24 de julho de 2016, França-Itália, 4-0 (final do Europeu de Sub-19)
Jean-Kévin Augustin (PSG) acaba como Melhor Marcador (6) e Melhor Jogador, mas Mbappé marca cinco golos e mostra créditos a cada partida.

- Primeiro golo de uma sequência infernal

1 de fevereiro de 2017, Chambly-Mónaco, 4-5 nos penáltis nos oitavos de final da Taça de França.

O Mónaco esteve perto de uma humilhante eliminação diante do Chambly, equipa da terceira divisão. Mas esse duelo é o ponto de partida de uma sequência de golos de Mbappé até ao fim da temporada: marca de cabeça o primeiro dos seus 16 golos em 24 partidas, entre todas as competições (além de sete assistências). No total, na sua primeira temporada como profissional, marca 26 golos e dá 14 assistências em 44 jogos. Impressionante.

- Primeira aparição na Champions

22 de fevereiro de 2017, Manchester City-Mónaco, 5-3 na 1.ª mão dos oitavos de final da Champions.

A sua primeira partida como titular da Champions e o seu primeiro golo no torneio. O Mónaco chegará até a semi-final, tornando Mbappé no primeiro jogador a marcar sucessivamente nos quatro duelos (1.ª e 2.ª mão) dos oitavos e quartos de final.

- Primeira chamada para a seleção francesa

25 de março de 2017, Luxemburgo-França, 1-3 no apuramento para o Mundial 2018

Mbappé estreia-se com os 'Bleus' ao entrar em campo aos 33 minutos do segundo tempo. É elogiado por Henry: "Pensa quando joga e, para mim, isso é o mais importante. Vai chegar longe".

- Primeiro golo com os 'Blues' e primeira transferência

31 de agosto de 2017, França-Holanda, 4-0 no apuramento Europeu ao Mundial 2018

Abre a sua conta pessoal contra a 'Laranja Mecânica', com um remate cruzado aos 46 minutos do segundo tempo.

Nesse mesmo dia, torna-se no segundo jogador mais caro do planeta após a sua transferência do Mónaco para o PSG por 180 milhões de euros, atrás apenas de Neymar (222 milhões).

- Primeira entrada na lista para a Bola de Ouro

7 de dezembro de 2017

Entra nos nomeados para a Bola de Ouro, o prémio individual mais importante do mundo do futebol. Termina em sétimo. Com 18 anos, é o jogador mais jovem a integrar o 'top 10'.

- Primeira dobradinha precoce após Pelé

No passado sábado em Kazan, tornou-se no segundo jogador mais jovem da história a marcar, pelo menos, dois golos num jogo de um Mundial de futebol, ao bisar contra a Argentina (4-3 nos oitavos de final). Apenas é batido pelo mítico Pelé que marcou dois golos em 1958, com 17 anos e 8 meses.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.