Os analistas do sector prevêem que as vendas destes telemóveis inteligentes cresçam exponencialmente este ano. A estação estatal britânica está com um olho nesta estimativa, mas diz que a sua decisão se deveu ao crescente número de pessoas que pedem mais aplicações para a área dos desportos.

A medida anunciada hoje significa que não só todos os jogos em que intervenha a Inglaterra vão estar ao vivo nos smartphones, como a estação britânica vai editar e emitir clips de todos os golos marcados no decorrer do torneio.

A emissão ao vivo de desporto é uma das várias aplicações que a BBC planeia lançar este ano. A primeira aplicação sai em abril e disponibilizará nos telemóveis vídeos das 'breaking news', peças de fundo e análises dos correspondentes por todo o mundo.

"Já se passaram 12 anos desde que lançamos a BBC Online, mas à medida que a tecnologia acelera, as pessoas que adquirem este tipo de serviços pagos estão cada vez mais a usar aparelhos portáteis e sofisticados para aceder à informação", declarou Erik Huggers, o director de tecnologias do futuro da BBC, no decorrer do Mobile World Congress de Barcelona.

"Estas pessoas dizem-nos que querem aceder ao serviço digital que já pagaram no local e da forma que lhes der mais jeito", acrescentou a mesma fonte, numa referência aos telemóveis inteligentes.

Numa fase inicial a BBC vai lançar aplicações que corram no iPhone e nos iPod, mas estão igualmente a ser planeadas versões para os sistemas operativos do Blackberry e do Android.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.