O guarda-redes internacional croata Danijel Subasic vai abandonar o Mónaco no final da época, depois de oito temporadas e meia no clube, anunciou hoje o emblema em que atuam os futebolistas portugueses Adrien Silva e Gelson Martins.

O contrato do guardião de 35 anos termina no final de junho e o Mónaco confirmou que Subasic não vai continuar na equipa, apesar de ter ficado na história do clube.

“É uma figura emblemática dos últimos dez anos e um dos melhores guarda-redes da história do Mónaco”, lê-se no site oficial do emblema monegasco.

Esta temporada, Subasic perdeu espaço com a chegada de Lecomte, o agora habitual titular, e fez apenas um jogo.

Vindo do Hadjuk Split, o guardião croata chegou em janeiro de 2012, ainda com o clube na segunda divisão, e fez um total de 292 jogos, ajudando o Mónaco a regressar ao primeiro escalão e depois a vencer um campeonato francês, com o técnico português Leonardo Jardim, em 2017.

Subasic fica na história como o segundo guarda-redes com mais jogo pelo Mónaco, só atrás de Jean-Luc Ettori, que fez 602 jogos nos anos 70, 80 e 90.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.