Thierry Henry é o novo treinador do Mónaco. A formação monegasca anunciou a chegada do antigo jogador ao clube na sua página oficial no Twitter, com uma foto do ex-internacional francês na altura em que jogou no Mónaco, com as hastags #HesComingHome #ForeverMonaco [Ele está de regresso à casa. Mónaco para sempre].

Henry, que era adjunto de Roberto Martinez na seleção da Bélgica, vai dirigir uma equipa pela primeira vez, desde que deixou os relvados, em 2014, depois de representar os norte-americanos do New York Red Bulls. O antigo avançado brilhou aos mais alto nível no Arsenal, tendo jogado ainda na Juventus e Barcelona, depois de ter feito a sua estreia no Mónaco, onde foi formado.

A antiga estrela do Arsenal assinou por três temporadas, de acordo com um comunicado do Mónaco. Os monegascos explicam também que João Tralhão, que era até agora treinador dos sub-23 do Benfica, será um dos adjuntos de Henry, tal como Patrick Kwame Ampadu, que deixa a Academia do Arsenal para se juntar ao francês no Mónaco.

Para Henry, este era um convite que não podia recusar.

"Em primeiro lugar, quero agradecer ao Mónaco pela oportunidade de treinar esta equipa que tem um grande significado para mim. Sinto-me honrado com este regresso para treinar a equipa e muito determinado em alcançar os objetivos", pode-se ler no comunicado do clube.

Vadim Vasilyev, vice-presidente e Diretor Geral do clube, explicou a opção por Henry.

"O seu conhecimento sobre o futebol, a sua paixão pelo jogo, a sua exigência de algo nível e a sua ligação às nossas cores foram determinantes na escolha. Henry está consciente da tarefa que lhe espera e impaciente para iniciar já as suas funções. Ele pode contar com a nossa confiança e todo o nosso apoio para trazer uma nova dinâmica à equipa e conseguir alcançar os objetivos", explicou.

Henry jogou no Mónaco entre 1993 e 1999, tendo feito 28 golos em 141 jogos. No currículo conta com um título francês ao serviço do Mónaco, além de ter sido campeão Mundial e Europeu com a seleção francesa. A nível de clubes, foi campeão de Inglaterra pelo Arsenal (2002, 2004), vencedor da Liga dos Campeões pelo Barcelona onde venceu também duas Ligas Espanholas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.