Thomas Tuchel lamentou, esta segunda-feira, em conferência de imprensa, o facto de Neymar ter organizado no passado domingo, em Paris, uma festa para festejar o seu 28.º aniversário, 48 horas antes do próximo jogo do clube parisiense.

"Protejo sempre os meus jogadores, adoro este grupo. Com esta festa, aceito que é um pouco difícil de protegê-los, mas o contexto não se limita a isso. Não é a melhor maneira de nos prepararmos para um jogo, mas também não é a pior coisa. É uma pena, dá motivos para falarem mal de nós. Temos que nos adaptar, mas não deixarei um jogador no banco porque ele foi para uma festa", disse o técnico do Paris Saint-Germain.

Fiel aos seus costumes, mas de maneira mais discreta do que nos anos anteriores, Neymar organizou uma festa no centro de Paris para comemorar o seu aniversário. Vestidos de branco, tema da festa, muitos companheiros de PSG marcaram presença no evento.

No sábado, após a vitória por 5-0 sobre o Montpellier, Tuchel tinha mostrado um certo desconforto com a festa de aniversário organizada pelo atacante brasileiro.

"O aniversário de Neymar é o tipo de coisas que dá a imagem de que não somos sérios. Dá a impressão de que não somos profissionais. É uma distração, isso é claro", declarou o técnico.

O PSG joga esta terça-feira em Nantes pela 23.ª jornada da Ligue 1.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.