O Vitória de Guimarães foi esta quinta-feira punido pelo Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA devido aos incidentes que ocorreram no jogo frente ao Eintracht Frankfurt, no D. Afonso Henriques.

UEFA abre procedimentos disciplinares a Vitória de Guimarães e Eintracht Frankfurt
UEFA abre procedimentos disciplinares a Vitória de Guimarães e Eintracht Frankfurt
Ver artigo

Os vimaranenses foram castigados com uma multa de 50.000 euros devido ao uso de artigos pirotécnicos e lançamento de objetos para o campo de jogo.

Ivo Vieira, treinador dos ‘conquistadores’, foi também alvo de repreensão formal devido ao atraso no inicio do jogo.

Também os visitantes foram punidos pelo comité, mas mais severamente.

O Eintracht Frankfurt foi impedido de vender bilhetes aos seus adeptos para os próximos dois jogos fora de casa da equipa alemã (Standard Liège e Arsenal) e foi ordenado pela UEFA para iniciar conversações com o Vitória para acordo sobre o arranjo dos estragos causados pelos adeptos alemães, nomeadamente as cadeiras arrancadas e atiradas contra adeptos vimaranenses e contra a polícia.

O clube recebeu também uma repreensão pelo atraso no pontapé inicial.

A equipa de André Silva e Gonçalo Paciência recebeu estes castigos devido as acusações de “arremesso de objetos”, “distúrbios do público”, “atos de vandalismo” e “atraso no pontapé de saída”.

*Artigo atualizado às 18:41

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.