Após o empate (1-1) na Grécia, frente ao Olympiacos, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa, Nuno Espírito Santo considerou "absurdo" estar a disputar um jogo de futebol num estádio vazio, numa altura em que há pessoas doentes e a morrer por culpa da pandemia do Covid-19.

"Estamos com o coração pesado com o que está a acontecer no mundo. Vemos o que se está a passar à nossa volta, com pessoas doentes e a morrer, e nós estamos aqui a jogar um jogo de futebol. É um absurdo", frisou.

Dentro de campo, NES destacou o foco que, apesar de tudo, os seus jogadores conseguiram manter no encontro. "Foi um grande jogo de futebol. Tivemos mais tempo de possa de bola, mas não o conseguimos aproveitar verdadeiramente para criar muitas ocasiões de golo. Mas há que elogioar os jogadores, mediante tudo o que está a acontecer. Estivemos focados no jogo durante o encontro e defrontámos um Olympiacos que é uma muito boa equipa", disse o técnico português no final do encontro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.