O encontro entre Sevilha e Roma, do português Paulo Fonseca, referente à Liga Europa de futebol, vai realizar-se à porta fechada, devido ao surto de Covid-19, informou hoje o departamento de Saúde e Famílias da Comunidade da Andaluzia.

A decisão de “suspender a assistência pública” no jogo de quinta-feira, da primeira mão dos oitavos de final, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha, é uma medida de prevenção contra a epidemia, detetada na China em dezembro, de 2019.

Na passada semana, o clube andaluz, no qual alinha o português Rony Lopes, já tinha anunciado que o encontro da segunda mão, agendado para 19 de março, na capital italiana, também se vai realizar à porta fechada.

Em termos globais, Espanha contabiliza, até ao momento, 1.204 casos diagnosticados e 28 mortos.

A epidemia de Covid-19 foi detetada pela primeira vez em dezembro na China e desde então foram infetadas mais de 110 mil pessoas, mas a maioria já recuperou.

A doença provocou até ao momento cerca de 3.800 mortos em todo o mundo.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave da epidemia fora da China, com 463 mortos e mais de 7.900 contaminados, estando neste momento cerca de 16 milhões de pessoas em quarentena no norte do país.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.