Declarações de Bruno Fernandes, jogador do Sporting, à Sport TV, depois da vitória por 2-1 sobre o LASK Linz.

 
Surpreendidos com entrada dos austríacos? "A equipa não foi apanhada de surpresa. O mister Silas passou mensagem de que eles eram intensos e que pressionavam forte. Encontrámos dificuldades pela intensidade deles.

Mudanças no segundo tempo: "Alterámos o que era preciso ao intervalo, conservámos sobre o que poderíamos e deveríamos melhorar para fazer melhor. Mostrámos uma dinâmica diferente na segunda parte, tivemos mais qualidade com bola, apesar de ainda cometermos alguns erros por intranquilidade e falta de confiança. Com estas duas semanas mais tranquilas, o mister passará as mensagens que entender porque tivemos pouco tempo para treinar."

Adeptos pouco pacientes: "Tentámos fazer o nosso jogo. Todos querem ver bom futebol, nós também. Estamos num clube exigente e nós temos consciência disso. Ao intervalo falámos sobre isso. Tínhamos de ter mais qualidade, assumir mais, de dar-nos mais ao jogo. Não nos podemos esconder atrás dos adversários. Com mais confiança vamos jogar melhor. O mister Silas tem ideias positivas, ideia de jogo de posse e ofensivo. Os adeptos vão gostar e vão perceber que o nosso jogo passa por ter bola e encontrar os movimentos certo."

O Sporting conseguiu, esta quinta-feira, o primeiro triunfo no Grupo D da Liga Europa em futebol, ao vencer por 2-1, depois de estar a perder, na receção aos austríacos do LASK, em encontro da segunda jornada.

Após o desaire por 3-2 no reduto do PSV Eindhoven, os ‘leões’ estiveram em desvantagem, por culpa de um tento de Marco Raguz, aos 16 minutos, mas deram a volta, por intermédio do brasileiro Luiz Phellype, aos 58, e de Bruno Fernandes, aos 63.

Com este triunfo, na estreia europeia de Silas, o conjunto ‘leonino’ é segundo do agrupamento, com os mesmos três pontos do Lask, terceiro, enquanto o PSV venceu por 4-1 no reduto do Rosenborg e lidera, com o pleno de seis pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.